DIÁLOGO – Comunicação e Redes de Convivência

Gosto muito de como suas reflexões conversam com a Comunicação Não Violenta. Em certa altura David explica o conceito de necessidade e sua importância no diálogo, assim como Marshall Rosemberg o faz na CNV.

Ele diz que a necessidade “é o que não pode ser deixado de lado” e diz que ela é uma das forças mais poderosas que existem. Quando levamos isso em consideração em nossas trocas, permitimos criar novas e criativas esratégias para antender ao que é necessário para todos.

Necessidades: você tem consciência dessa força?

 

Indicação e comentário de Debora Gaudêncio – Facilitadora de Diálogos, Consultora em CNV e co-laborador da 157next.academy

 

Diálogo – Comunicação e redes de convivência foi composto a partir da edição de seminários promovidos por David Bohm. Com texto simples, claro, fluente e pleno de oralidade, o autor se dirige diretamente a quem o lê, numa postura informal que faz o leitor se sentir atraído e acolhido. Não é outra, aliás, a intenção fundamental do diálogo – buscar o companheirismo e o compartilhamento de significados. Para Bohm, ‘diálogo’ significa bem mais do que o simples pingue-pongue de opiniões, argumentos e pontos de vista que habitualmente ocorrem entre dois ou mais interlocutores.

Compre aqui

Fórum deste(a) livro

Deixe aqui seu comentário